Egbert Schuurman (1937 - ) is a professor of Reformational philosophy at the Universities of Delft

Egbert Schuurman (1937 - ) is a professor of Reformational philosophy at the Universities of Delft

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Dicas Para Colocar a Tecnologia em seu Lugar e Recuperar o Controle de sua Vida

Primeira dica para colocar a tecnologia em seu lugar e recuperar o controle de sua vida



Robert Ritchie
reading-1863.jpgBlog
1. A maneira certa de começar o dia:
Após acordar, leia ou reflita sobre algo que eleve a mente para os aspectos mais nobres e para as realidades da vida. Deve ser algo que cative suas aspirações pessoais – algo que alimente a existência e forneça pensamentos reparadores ao longo do dia.
Você pode começar com uma breve leitura ou meditação. Essa atividade contemplativa deve capturar e envolver sua imaginação, de modo a fomentar uma calma ponderadora (que também seja prazerosa, duradoura e gratificante). Escolha algo que você goste de ler ou meditar, alguma coisa que se encaixe com sua personalidade e seu jeito de ser; para que você possa fazer isso dia após dia, semana após semana e mês após mês.
Uma vez que essa leitura e/ou meditação pensativa se torne um hábito, você terá uma verdadeira “floresta” de sabedoria para puxá-lo sempre que atingir um ponto áspero. Se você acha isso muito difícil, é um sinal revelador que a tecnologia está precariamente o levando – como se você fosse um cavaleiro que caiu da sela e está sendo arrastado pelo cavalo.

Segunda dica para colocar a tecnologia em seu lugar e recuperar o controle de sua vida

Robert Ritchie
440px-The_How_and_Why_Library_0012. A solução “caixa de sapato”: Partilhar itens antigos e recordações com os membros da família, especialmente seus filhos. Estas são coisas advindas dos antepassados – recortes de acontecimentos históricos que moldaram a vida deles ou mesmo a certidão de batismo e fotos do casamento de seus pais.
Manter álbuns de recortes é muito popular, porque oferece à família e aos amigos um tempo significativo para olharem fotos antigas. Mesmo se as imagens estiverem numa caixa de sapato velha, ainda é divertido dividir esse momento com os outros.
A solução “caixa de sapatos” é muito mais “humana” que o Facebook, porque o compartilhamento de memórias acontece na mesma sala; envolvendo coisas que o Facebook não pode proporcionar: linguagem corporal, um sorriso, uma risada contagiante, um abraço. Olhar essas relíquias familiares restaura na alma uma ideia de conexão e são um lembrete de onde você veio, quem foram seus antepassados​​, seus traços e realizações, seus estilos de vida e tradições etc.


(Tradução Fabio Ramos)



Terceira dica para colocar a tecnologia em seu lugar e recuperar o controle de sua vida

Robert Ritchie
family_reading
3. Um Tempo de Qualidade Offline:
Durante o dia, proporcione a si mesmo um tempo de qualidade – quando estiver inteiramente desconectado do rádio, da televisão, da internet, do MP3 player, do smartphone etc.
Tente fazer issopor, pelo menos, uma hora de manhã e três horas antes de ir dormir. Se você não consegue ficar longe da tecnologia por esse período de tempo, comece a desconectar-se mais cedo (em intervalos de 15 ou 30 minutos a cada vez). Se isso ainda não for possível, considere passar um fim de semana afastado de toda a tecnologia; para que você possa recuperar o controle sobre o uso da mesma.
(Tradução: Fabio Ramos)

Quarta dica para colocar a tecnologia em seu lugar e recuperar o controle de sua vida


Robert Ritchie
reading-1863.jpgBlog4. Leitura em voz alta: Gastar 10 a 15 minutos de leitura em voz alta. Deixar os conceitos de cada frase “afundar” em sua mente (de forma ordenada e cadenciada). Não se sinta mal se for preciso reler o parágrafo para que o conceito se torne parte de você.
Lembre-se: se você não pode explicá-lo, você realmente não o incorporou. Esta prática não só ajuda a manter o que você leu, como aumenta sua capacidade de atenção – que pode ter sido prejudicada pela rotina multitarefas.
(Tradução: Fabio Ramos)


Quinta dica para colocar a tecnologia em seu lugar e recuperar o controle de sua vida


 SONY DSC
                  5. A prática da calma noturna: À noite, faça algo que ocupe a mente, acalme as emoções e                               prenda a atenção numa única coisa por um período de 30 minutos a uma hora. Tente não desviar                       sua atenção (e passar de um pensamento ao próximo). Por exemplo, escreva à mão uma carta a um                   amigo, ou a um membro familiar, que você não vê há tempos. Use uma caneta-tinteiro. Escreva em                     papel de qualidade. Use um envelope novo e limpo.
                 Tente escrever uma anotação no diário ou gaste seu tempo com um hobby que envolva o ato da                        criação, a imitação e a busca da perfeição. Outra ideia é ouvir uma peça de música clássica – de                         preferência Mozart, Hayden ou Bach. Feche os olhos, pense sobre o que você ouve e como isso                         toca sua alma.
                 (Tradução: Fabio Ramos)
                  Fonte: 
                  http://www.returntoorder.org/2014/05/fifth-tip-putting-technology-place-regaining-control-life/


Sexta dica para colocar a tecnologia em seu lugar e recuperar o controle de sua vida



Killerton_Woods_-_geograph.org_.uk_-_31164-copy
                                                                                                                                                                                               6. Observe e aprecie as imediações: Faça uma caminhada no parque, ou numa área arborizada, sem o seu                  smartphone. Melhor ainda, ande a beira-mar se você mora perto da praia. Preste atenção às coisas ao seu redor:              os cheiros da brisa salgada, as gaivotas que voam, os fluxos e refluxos das ondas – mas tudo isso sem                            sobrecarregar a mente. Faça isso com calma e de forma moderada. Se você se sentir inspirado, anote algumas                reflexões após caminhar.
           (Tradução: Fabio Ramos)
           Fonte: 


            http://ipco.org.br/ipco/noticias/quinta-dica-para-colocar-tecnologia-em-seu-lugar-e-recuperar-o-controle-             de-sua-vida#.U6NAOfldWyl




Como os vínculos sociais conduzem os mercados

Como os vínculos sociais conduzem os mercados


John Horvat II
800px-Mercato_del_pesce_a_Milano
Geralmente pensamos que a publicidade é a chave para criar demanda. A propaganda nos faz conhecer a disponibilidade de produtos. Só que, muitas vezes, esse não é o motivo pelo qual as pessoas compram. Pessoas tendem a comprar de outras pessoas.
O sociólogo David Halpern observa que as redes sociais são muito importantes na condução dos mercados:
“Mesmo no mundo de alta tecnologia dos mercados mundiais (baseado na internet), a maioria dos negócios continuam a ser canalizados não apenas por sinais de preços, mas pelas redes sociais. Pessoas tendem a comprar – e a fazer acordos – com os conhecidos, sejam eles agricultores ou financiadores da cidade. E o almoço de negócios permanece tão onipresente hoje como sempre. O mercado atual é de alta tecnologia, mas ainda não é de ‘alto contato’” (David Halpern, Social Capital, Polity Press: Cambridge, 2005, p. 51) ¹.

(Tradução: Fabio Ramos)
¹ Título do livro: “Capital Social”, em tradução livre.

Fonte  via:
http://ipco.org.br/ipco/noticias/como-os-vinculos-sociais-conduzem-os-mercados#.U2o6nfldWyk